Marketing Médico e Funil de Vendas: como promover seu consultório de maneira ética

Marketing Digital
  1. Início
  2. Marketing Digital
  3. Marketing Médico e Funil de Vendas: como promover seu consultório de maneira ética

Fazer marketing médico é um desafio e tanto, mas sabia que é possível utilizar as estratégias de marketing para promover seu consultório de maneira ética? Não é à toa que o Conselho Federal de Medicina (CFM) produziu um Manual de Publicidade Médica, com o objetivo de esclarecer as normas para divulgação de assuntos médicos e campanhas de marketing nessa área.

Assim como em outros segmentos, a técnica do funil de vendas pode ser incorporada ao universo do paciente. Afinal, como é que as pessoas tomam a decisão de agendar uma visita ao médico ou descobrem um consultório?

De acordo com pesquisas da Percepção Pública da Ciência e Tecnologia no Brasil, produzida pelo Governo Federal, 79% dos brasileiros procuram informações sobre medicina e saúde, sendo que os sites de busca estão entre as alternativas mais acessadas.

Neste contexto, contar com uma agência digital especializada em marketing e que conheça as especificidades do meio médico, pode ser uma boa alternativa para construir estratégias de promoção dos consultórios de forma ética.

Quer saber mais sobre o assunto? Nas próximas linhas, vamos abordar os principais desafios e dicas de como fazer marketing na área da saúde. Confira!

Marketing de conteúdo: como e porquê fazer

Como fazer marketing de conteúdo e quais são os motivos para investir nessa estratégia?

A produção de conteúdo especializada é uma abordagem que pode trazer inúmeros benefícios para a estratégia de marketing digital não só de empresas, mas também em clínicas que prestam serviços na área da saúde.

Oferecer informações relevantes e que agregam valor à vida das pessoas é algo que pode ajudar os consultórios médicos na construção de um posicionamento de autoridade no assunto – sem dúvidas, esse é um fator de influência.

Além dos dados governamentais, outras pesquisas revelaram que nove em cada 10 brasileiros possuem o costume de procurar informações sobre saúde na internet. Desse total, 67 são mulheres que acessam blogs especializados.

Logo, entregar conteúdo com informação relevante e construtiva é algo que pode posicionar seu consultório como autoridade, além de ser uma estratégia para atrair mais pacientes, principalmente, se os conteúdos seguirem os princípios do Inbound Marketing, que estão muito ligados às etapas do funil de vendas.

Imagine que um paciente deseja saber como a acupuntura para dor de cabeça funciona antes de procurar um especialista. Quais são as chances dessa pessoa recorrer aos sites de busca?

Se você for especialista nessa técnica milenar e tiver um conteúdo rico (com informações relevantes, fontes confiáveis e linguagem otimizada em SEO), as chances do paciente encontrar o site do seu consultório aumentam bastante.

De forma geral, conteúdos com informação relevante são produzidos para solucionar problemas dos pacientes em diferentes contextos. São vantagens da produção e conteúdo:

  • Construção de autoridade na internet;
  • Mais credibilidade para o posicionamento da clínica;
  • Maior chance de ter o consultório encontrado no Google;
  • Melhorias no engajamento com o público-alvo;
  • Mais proximidade com os pacientes;
  • Possibilidade de aumentar o tráfego do site;
  • Atração de novos pacientes.

Independentemente do formato do conteúdo, é importante que seja feito um planejamento, com base na especialidade médica, na persona (neste caso, o perfil dos pacientes que buscam o consultório) e no volume de buscas sobre os temas no Google.

É importante ter esse cuidado, pois cada pessoa pode reagir de um jeito diante de um tratamento médico. 

Isso não significa que os conteúdos devem ser genéricos. Lembre-se, que as informações relevantes são produzidas com base em pesquisas, órgãos de saúde e, claro, o conhecimento do médico em questão.

Considerando que muitas pessoas usam o “Dr. Google” para procurar dados sobre saúde,  quanto custa um plano de marketing eficiente?

Mais do que valores acessíveis, um bom plano de marketing é aquele que respeita às normas do CFM e traz conteúdos informativos, que de preferência não dão brechas para autodiagnósticos, não trazem promessas de intervenções experimentais e informações duvidosas na área científica.

A responsabilidade social deve ser um critério para produzir marketing de conteúdo. Isso conta pontos não só para os motores de busca, como também para a credibilidade da sua clínica diante dos pacientes.

Funil de vendas para a área médica

Na hora de criar conteúdos assertivos ou campanhas que provoquem engajamento, o conceito do funil de vendas deve ser retomado.

Mas de que forma criar um funil na área médica? Lembre-se das etapas: topo, meio e fundo de funil, e como você pode solucionar um problema, uma dúvida ou agregar valor para o paciente em cada uma delas, fazendo com que este avance em sua jornada.

No topo do funil, a etapa correspondente é a do aprendizado e descoberta. Digamos que uma pessoa não sabe nada sobre acupuntura para emagrecer, mas ouviu alguém comentando sobre esse assunto.

É nesta etapa que a função do seu blog especializado e das redes sociais, é gerar informação relevante a ponto dessa pessoa saber mais sobre o assunto, e conhecer o consultório.

Se as informações forem bem sucedidas, ponto para a sua estratégia. É hora de avançar para a etapa do meio do funil.

Nesse momento, o paciente já tem informações sobre o procedimento e os serviços. Então, você pode criar uma tática com foco em conversão, por exemplo, enviar um e-mail com material exclusivo ou se colocar à disposição para tirar dúvidas.

Por fim, o topo do funil faz referência ao momento decisivo. É hora de mostrar o quanto o consultório tem credibilidade e fazer com que o paciente se sinta seguro. Mas, atenção: nada de fazer propagandas agressivas, com foco em venda – isso viola as normas do CFM.

Quer saber como produzir estratégias com ética? Confira o tópico seguinte sobre cuidados essenciais para não errar no marketing médico.

Cuidados para estratégias de marketing médico

Assim como em outros segmentos, é preciso definir objetivos antes de iniciar um trabalho de marketing médico. 

Além de conquistar autoridade na área de saúde, quais são os outros desafios dos consultórios hoje? 

  • Conquistar mais clientes;
  • Fidelizar atendimentos;
  • Trazer informações educativas para a sociedade sobre doenças;
  • Alertar a importância do cuidado;
  • Ser reconhecido na internet;
  • Entre outros pontos.

Ao falar sobre um procedimento, como a drenagem linfática reversa ou outro tratamento estético, não use gatilhos mentais que despertam senso de urgência, desejos de compra ou destaquem que agendar um tratamento vai melhorar alguma condição estética do paciente.

É interessante trabalhar com artigos informativos, materiais que tiram dúvidas ou reforçam precauções necessários no período pós operatório, ou o preparo emocional que antecede esse tipo de decisão.

Os conteúdos não devem ser elaborados com uma linguagem de venda direta. Isso viola a ética médica, e caso o paciente decida avançar no funil de vendas e agendar uma consulta com especialista, a melhor estratégia é oferecer conteúdos relevantes pelo marketing de atração.

Em resumo, separamos alguns pontos que servem como cuidados na hora de elaborar estratégias de marketing médico. Veja abaixo:

  • Conteúdos de autopromoção devem ser descartados;
  • Nenhum conteúdo deve destacar exclusividade de métodos para diagnósticos;
  • Evitar abordagens que associam consultas à melhora da beleza física;
  • Conteúdos com imagens enganosas do corpo humano não são permitidos;
  • Informações não confirmadas cientificamente devem ser descartadas.

Que tal reforçar esses cuidados com um exemplo prático? Imagine o caso de um consultório odontológico que realiza um procedimento, como a colocação da prótese dentária flexível.  

A abordagem para explicar o que é e quando usar esse tipo de prótese é feita em vídeo e texto. A imagem não deve ser assustadora, criar pânico social ou medo. Se isso for desrespeitado, há uma contradição às normas do CFM, passível de punição, inclusive.

A linguagem não deve induzir ações como “agende sua avaliação agora mesmo” ou “faça seu procedimento e garanta resultados na saúde bucal”.

Também não é interessante que o dentista responsável utilize seu currículo, seus cursos de extensão ou títulos para reforçar a credibilidade, além de se colocar melhor do que outros profissionais.

Em outro contexto, imagine que a estratégia é usada para falar sobre a importância e os benefícios do personal trainer particular. Não se deve criar conteúdos de autopromoção, muito menos de propaganda explícita.

Vale a pena investir em marketing na área da saúde?

Quando profissionais da saúde se aproximam das pessoas, com o objetivo de trazer informações relevantes, o impacto pode ser muito positivo.

Por causa de uma campanha de inbound marketing, pessoas podem descobrir os benefícios da academia para idosos, e, assim, ganham motivação para sair da vida sedentária.

A possibilidade de tirar dúvidas com base em conteúdos assertivos e com informação de qualidade, também é algo que atrai as pessoas que podem encontrar no blog da sua clínica uma fonte de credibilidade. 

Além disso, o relacionamento com pacientes e possíveis pacientes pode melhorar em termos de engajamento, já que a aproximação da medicina com a sociedade é algo tão desejado.

Se você for um geriatra, produzir conteúdos que falem sobre a saúde do idoso, bem como a possibilidade do treinamento funcional para idosos, alimentação e cuidados na terceira idade, só enriquece sua estratégia em termos de informação e credibilidade.

Em um mundo onde as pessoas pesquisam informação o tempo todo na palma da mão e no toque dos dedos, ser um canal de distribuição relevante é ajudar o próximo.

Além dessa funcionalidade, é claro que o marketing digital, sobretudo o marketing de conteúdo, pode ser um upgrade para que o seu consultório seja mais conhecido pelas pessoas e ganhe relevância também no mundo online.

Elaborar estratégias que respeitam as questões éticas, é construir o posicionamento da sua clínica de forma natural, com credibilidade e relevância. 

Não importa se o conteúdo fala de um procedimento estético, ou de como realizar a limpeza de poço é importante para evitar a proliferação de doenças como a dengue. Respeitar regras e utilizar estratégias, são sempre boas pedidas.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

 

Menu